sexta-feira, 29 de abril de 2016

A minha bolsa

Todos os homens se perguntam a determinada altura da vida: “Mas que raios traz ela na bolsa?” Até porque muitas vezes, principalmente durante a corte, são eles mesmos que as carregam (isso passa-lhes um mês ou dois depois). Nós mulheres, em contrapartida, não sabemos como os homens conseguem sobreviver sem uma bolsa. Eu não consigo. A vida deixaria simplesmente de fazer sentido.

Diz um estudo que o peso médio de uma bolsa feminina ronda os 2,700kg. Impressionante, não é? Esse era quase o peso do meu primeiro filho quando nasceu. Não estou a inventar, é mesmo verídico. Conseguimos mesmo enfiar 2,700kg de merdas dentro das nossas bolsas e o mais curioso é que nem sequer sabemos o que lá estão a fazer pelo menos 2,500kg, mas carregamo-los com orgulho.

Mas ainda mais interessante do que a bolsa de uma mera mulher, é a bolsa de uma mulher com filhos. Aí sim, é abrir a caixa de Pandora e esperar pelo melhor. Por isso mesmo, hoje decidi abrir a minha bolsa e revelá-la ao mundo. Foi fascinante, foi quase como uma escavação arqueológica. Amanhã tenho de levar a vacina do tétano, mas valeu a pena o sacrifício.

Então os objectos encontrados foram os seguintes:

-Espelho para ver se tenho alguma coisa nos dentes, imprescindível. Visto que quando isso acontece ninguém me avisa. Uma pinça para qualquer eventualidade ou arrombamento casual. Amostra de um perfume que não posso comprar porque tem um preço ridículo. Lip gloss, batom do cieiro, batom “Nude” da moda. Pulseira partida;


-Carteira, que não abro porque tem 1000 cartões diferentes de coisas que nem sequer sei o que são nem para que servem;


-Toalhitas para limpar baba, sapatos, vomitado, mobiliário, bancos do carro, roupa, ranho, etc, etc;


-Lenço de papel usado;

- Mais uma série de lenços de papel usados;


-Os personagens todos de um filme que já chateia;


-Dois Homem-Aranha, pelo sim pelo não;


-Uma porca;


-O cartão de um hotel onde nunca estive (?);


-Dois chocapics (provavelmente um para cada filho);


-Uma colher;

-Um brinde que me saiu num bolo-rei provavelmente em 1990;

-Um rebuçado cuja validade expirou na mesma altura que encontrei o brinde no bolo-rei;


-Papéis;

-Tiras de tornozelo de uns sapatos de verniz que andavam perdidas desde o baptizado dos meus filhos em 2014 (fartei-me de as procurar, yay!);


-Um soldadinho sem um pé;


-E um balão que dá sempre jeito.



2 comentários:

  1. Ahahah, amei! A mha além de td isso é mais umas merdas trás uma 9mm lol, pesa portanto uns 5kg!!

    ResponderEliminar
  2. Ahahah, amei! A mha além de td isso é mais umas merdas trás uma 9mm lol, pesa portanto uns 5kg!!

    ResponderEliminar